Mais de 43% do eleitorado de MS ainda não fez biometria

Em Mato Grosso do Sul, 43,8% do eleitorado ainda não fez o cadastramento biométrico. Segundo o TRE (Tribunal Regional Eleitoral) do Estado, 826.521 eleitores ainda não passaram pelo procedimento, obrigatório para participar da votação na Capital e em outros nove municípios que já passaram por revisão eleitoral.

Do total de 1.887.443 total de eleitores sul-mato-grossenses, é de 56,20% o percentual de quem já fez o cadastramento. Além de Campo Grande, já passaram pela revisão os municípios de Sidrolândia, Ribas do Rio Pardo, Jaraguari, Bandeirantes, Camapuã, Bonito, Vicentina, Jateí e Fátima do Sul, que foi a primeira a fazer o procedimento.

O calendário de revisão nos municípios seguirá até março de 2020. Após essa data até o mês de novembro, o cadastramento de eleitores é suspenso devido ao período eleitoral e quem não tiver feito a biometria não poderá participar das eleições municipais, antecipou o TRE.

Conforme o Tribunal Regional Eleitoral, independente do prazo de revisão - após o qual o cadastramento biométrico se torna obrigatório - todas as cidades do Estado estão com os terminais de cadastramento biométrico funcionando desde fevereiro de 2017, quando os cartórios eleitorais foram equipados. Em Campo Grande, o processo para biometria dos eleitores durou cerca de um ano.

Quem ainda não regularizou a situação deve comparecer a um cartório eleitoral levando documento oficial com foto e comprovante de residência para refazer o título de eleitor.

Calendário

Atualmente, as cidades de Ponta Porã, Selvíria e Alcinópolis estão passando por revisão. Até o final deste ano, outras 14 localidades devem iniciar esse processo. Confira as datas: Anaurilândia inicia o cadastramento na quinta-feira (11); Aparecida do Taboado em 22 de abril; Três Lagoas a partir de 03 de junho; Aral Moreira em 10 de junho; Corumbá e Ladário iniciam em 1º de julho; Dourados e Itaporã em 05 de agosto; Bataguassu em 1º de outubro; Rio Verde em 07 de outubro; Chapadão do Sul em 14 de outubro; Coronel Sapucaia em 21 de outubro; Antônio João em 24 de outubro e Terenos em 28 de outubro de 2019.